sexta-feira, 12 de janeiro de 2018

Nos tempos do "Faroeste"

É gente, parece que voltamos nos tempos. Aqui na minha cidade pacata do interior (era pacata), houve um assalto recentemente de cinema, dos tempos do faroeste. A cidade tem 3 agências bancárias e ao mesmo tempo foram atacadas por assaltantes forasteiros que com armas de grosso calibre e dinamites explodiram as agências e atiravam em carros passantes na madrugada de sexta para sábado.
Tudo começou quando um amigo cantor de bar que por sinal (canta muito bem!), estava no final de seu show num bar próximo ao Banco do Brasil, quando de repente adentrou a casa alguns sujeitos encapuzados e portando fuzil, lhes obrigaram a sair como reféns, ao mesmo tempo (este amigo me falou), apavorados sem saber nada, pensaram que era um grupo de extermínio e que era o fim mas, na rua o encapuzado lhes falou...-podem ficar calmos que nós só vamos explodir o BB e se a polícia vier nós vamos "meter bala", os reféns ficaram apavorados, é agora pensaram. Graças a Deus o contingente militar era pequeno e não vieram naquele momento. Após vários estrondos e tiros em quem passava, foram todos pra outra agência próxima dali a CEF que tem um sistema anti-roubo muito legal, estouraram a porta mas, não adentraram porque a fumaça preta inundou o ambiente e eles então, junto com os reféns que assistiam a tudo seguiram para o outro banco, bem próximo, o Banrisul, os quais antes perguntaram onde é a BM, um refém disse apontando, alí, e eles meteram bala no prédio, onde com apenas 1 policial, recebendo balas de fuzil, faria o que?...nisso ouvia-se na cidade toda as explosões e logo após um saiu dizendo, -deu tudo certo, vamos embora, e saíram em 3 carros, 2 pegaram a BR 290 e outro seguiu via estrada municipal para o interior, claro que ninguém os perseguiram, até mesmo por conta do arsenal e da proposta de matar ou morrer que estes indivíduos praticam nestas ocasiões.
Ah, os reféns foram liberados sem serem machucados, apenas 2 ou 3 pessoas que passavam de carro no momento foram alvejados e mesmo assim sem risco de morte. Ufa! ainda bem que acabou bem...quer dizer não muito bem porque os bancos estão fechados há uma semana, a CEF da fumaça sem muitos prejuizos, o BB das notas com tinta, também sem muitos prejuizos mas, o Banrisul, levaram a grana, quebraram/explodiram tudo que até o prédio está com a estrutura afetada. Vejam só o sufoco que os reféns passaram. Dizia este meu amigo, que eles até rezaram em grupo pedindo por proteção divina.
É...só Deus mesmo pra salvar todo mundo nesta hora. Isto me faz lembrar dos tempos do faroeste, que nas cidades sem lei, os bandidos atacavam os bancos e pegavam como reféns os frequentadores dos "saloons" e saíam da cidade em seus cavalos e logo alí atacavam também as diligências e os trens que transportavam valores fenomenais. Acho que estamos voltando para o tempo do "Far West" só que nesta época moderna com armas, daqui a pouco digitais. Um abraço e muita calma!

E o salário, ohh!!!

É uma "grande" pouca vergonha o que o governo está fazendo com o povo pobre, humilde do Brasil. Um aumentinho destes no salário da maioria dos aposentados brasileiros é pra matar qualquer um...(17 reais), não dá nem pra comprar um paletó, aliás os deputados ganham, como disse o Sérgio Reis, deputado federal, que está com vergonha de ser deputado; ganham 55 mil só de auxílio paletó, 25 mil de auxílio moradia, 28 de salário, 93 de auxílio gabinete, e assim vai...auxílio médico, cartão, auxílio viagens...é demais pra cabecinha dos pobres deste país.
Tá na hora de alguém fazer algo pelo povo, pelo país. O pessoal queria um "fora Dilma"...taí. Tá bom ou querem mais. Tá bom sim pra esta minoria de 5% que é dona de 95% do território e os 95% que se explodam. Olha gente, assim não dá mais pra continuar, a bandidagem tomou conta em todas as esferas, lá em Brasília e aqui nas ruas das cidades, não só das grandes mas, também das pequenas onde estão indo se refugiar os marginaisinhos de
menor periculosidade que os do Planalto e que mesmo assim aterrorizam a população do interior, com assaltos e assassinatos e os deputados não reformulam a lei que é branda demais, principalmente para assassinatos, que deveria ser prisão perpétua. Me disse um deputado que "lá" ninguém tem interesse em mudar lei alguma e sim interesse em se proteger, se unirem uns com os outros para ficarem mais fortes e o povo que se "lasque".
Olha gente, a eleição está chegando e tenho certeza que vários destes bandidos estarão sendo eleitos novamente porque o povo esquece, ou parece que esquece, por isso é que a mudança tem que ser radical, assim não dá mais, quase quebraram o país e não dá nada, se dá dá muito pouco...7 anos de cadeia, e sai num quinto, ou um sexto porque é primário...ou seja um ano e pouco e já estarão na rua, ou vocês duvidam, só vendo prá crer ou só rindo prá não chorar!
Vamos ver se um dia as coisas vão mudar. Aguardemos!!!

sábado, 23 de dezembro de 2017

Colecionando inimigos

É...é bem assim. Conheço vários colecionadores de inimigos, que fazem questão de possuirem de estampa diferentes, gordos, magros, altos, baixos, brancos, negros, homens, mulheres e assim por diante. Estes colecionadores não pensam que a vida é exatamente o contrário disso tudo. A única coisa que levamos da vida, são as amizades, a parceria, o coleguismo e o amor. Tem gente que acha que é o centro do universo, não interessando em mais nada, só no "seu eu", no seu bolso, tudo tem que girar em torno deles mas, quando o tempo passa e olhando para trás, verão que o que colecionaram foi mágoas, rancores e energia negativa que, aliás, só lhes trouxe dissabores e as vezes até doenças pois, quando se vive no negativo, na tristeza, no mau agouro, as defesas do organismo não reagem, os anticorpos não trabalham e tudo pode vir a acontecer com a saúde (isto está provado pela medicina). Devemos portanto colecionar coisas boas, atitudes positivas, ter bom senso e aceitar opiniões divergentes e não magoarmos o próximo. Sei que nesta vida atribulada, estressante, é difícil engolirmos sapo mas, é bem melhor que colecionarmos inimigos para o resto da vida. Claro que as vezes não é você o responsável pela inimizade e sim do outro que faz parte do time dos colecionadores de inimigos, e assim não tem jeito mesmo mas, aí é problema destes que não sabem o que fazem.
É assim mesmo a vida, vivamos alegres, felizes ( a felicidade é só pra quem quer!) que até a saúde se mantem para que sejamos mais e mais humanos e felizes. Quero deixar claro que tudo que já passei na vida me fez pensar assim e que as vezes tu é bom e te tiram pra bobo mas , o problema é deles e não meu, eu estou e continuarei em paz...eles não!